Skip to content

O Invasor

15/11/2009
tags:

Dois empresários procuram um matador de aluguel para executar um terceiro sócio, na fugaz ilusao de que suas maos estao limpas. Livram-se do fardo e ganham a presença constante e sufocante daquele que lhes mostrara que a consciencia é, em si, julgamento e sentença.

Marçal Aquino, autor do livro homonimo, é o ponto alto do longa, que de forma angustiante permea o zeitgeist da metropole e encerra a trama concluindo os círculos e vícios pessoais dos agentes que manufaturam o sitema metropolitano sobre si. O Invasor, pelas lentes de Beto Brant apresenta sem ousadia uma fotografia e densidade bem conhecidas e identificáveis nas fitas latinoamericanas. O longa de 2001 foi premiado em Sundance no ano seguinte na categoria de melhor filme latino-americano.

Paulo Miklos reina interpretando o personagem invasor de forma esteriotipada mas crível, ainda que olhe para câmera. A atuação de Marcos Ricca [que interpreta um dos sócios] sobressai a de seus coadjuvantes.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: