Skip to content

Ilha do Medo

07/03/2010

.

A adaptação homônima do livro “Shutter Island” de Dennis Lehane, que enreda misteriosos acontecimentos em um hospital psiquiátrico para criminosos condenados na década de 50, inicialmente seria dirigida por David Fincher [Seven (1995), Clube da Luta (1999), Benjamin Button (2008)] e protagonizado por seu muso Brad Pitt e Mark Wahlberg, ambos estavam em outros projetos e o roteiro foi enviado a Scorsese.

Di Caprio e Mark Ruffalo são apresentados como os agentes federais Teddy e Chuck investigando o desaparecimento de uma paciente com histórico de ter assassinado seus três filhos afogando-os, esta é uma das peças para o grande quebra-cabeças que entre flashbacks de sua experiência durante a II Guerra Mundial e visões de sua falecida esposa (Michelle Williams) passam a nublar a realidade com a crescente paranóia adquirida por Teddy, na medida que entramos neste limbo de possibilidades e conspiração que se mantém até uma surpreendente reviravolta.

Para os desavisados (e para evitar decepções) Ilha do Medo é um noir sobre paranóia, uma thriller psicológico com pano de fundo temporal no coração da Guerra Fria e rumores de questionáveis experiências científicas por parte dos nazistas, este cenário para inúmeras teorias da conspiração é tecido de forma meticulosa por Scorsese, costurado em alegorias como a água, a tempestade, a resistência dos diretores do hospital em colaborar com a investigação e o envolvimento pessoal de Teddy com o caso, por exemplo.

O mérito de Shutter Island(2010) foi ter caído nas mãos de Scorsese e sua equipe que fizeram uso exato da cinematografia, desde a própria arquitetura intimidadora de Ashecliffe, o figurino preciso, a densidade obscura de uma trilha cuidadosamente orquestrada abastecendo de forma eficiente o elemento (ilusório) do terror.

Anúncios
4 Comentários leave one →
  1. 04/03/2010 17:01

    Maravilha! Até porque acho você muito exigente, moça! Então fico feliz e mais calmo na espera pelo novo filme de Scorsese.

    Abs!

  2. 04/03/2010 17:00

    Muito bom mesmo, assim me deu mais um animo para ver o filme.
    Principalmente que uma das primeiras coisas quando chegar em Buenos Aires é ver esse filme. Abraços

  3. 04/03/2010 16:29

    MAs vc já viu??? Espero muito deste filme! Scorsese é mestre!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: